Cultura

A ‘Melhor Swingueira do Brasil’ volta a Manaus em fevereiro

Desde o anúncio do retorno, a banda tem feito inúmeros shows por todo o Brasil – Fotos: Arquivo Pessoal

Liderado por Rubinho, o grupo baiano Oz Bambaz anunciou o retorno do grupo, em outubro do ano passado, após grande apelo de fãs e artistas nas redes sociais. Inicialmente, o que seria apenas uma turnê comemorativa de 15 anos, hoje, é a consolidação da volta de uma das bandas que mais marcou a ‘swingueira’ no início dos anos 2000. E os fãs de Manaus já têm data para o reencontro com o grupo.

Uma semana antes do período carnavalesco, no domingo (19 de fevereiro), o palco da Copacabana Chopperia – localizada na avenida do Turismo, Zona Oeste da cidade – vai receber Rubinho e mais 11 músicos que prometem resgatar lembranças de grandes shows já realizados na capital.

“Vamos com a formação original do grupo. Sabemos que o público está esperando por isso, por um repertório nostálgico. Afinal, temos uma história muito bonita com os fãs de Manaus. Nossos shows aí sempre foram sucesso de público, então tenho certeza de que viveremos mais um momento mágico”, disse o cantor, também revelando que há uma ansiedade muito grande em relação à vinda da banda para a capital amazonense.

Antes de voltar aos Bambaz, Rubinho morava em Brasília, onde cantava sertanejo

Oz Bambaz deu uma ‘pausa’ na carreira no final de 2012 e, no primeiro mês do ano seguinte, fizeram um show de despedida na Arena Amadeu Teixeira. Hoje, o líder do grupo, garante que não há mais possibilidade da banda parar as atividades.

“Devo muito ao meu público e quero retribuir”, ressaltou Rubinho, revelando que a apresentação na Chopperia é um resumo da sua trajetória profissional e que, em mais de duas horas de show, além dos clássicos do grupo – ‘Manuela’, ‘Mão na cabeça e rala’, ‘Tome e fica’, ‘Menina Mexer’, ‘Vai dar em quê?’ ‘O Alvo’, ‘Tome Amor’ e tantas outras músicas – o show conta com canções inéditas, como a ‘Tchuk Tchuk’, que integra o novo E.P lançado logo depois do anúncio da volta da banda.

“Vai ser um showzão e ninguém vai querer que acabe. Vamos relembrar tudo que já vivemos e, a partir disso, construir uma nova história”, disse o cantor.

A agenda dos Bambaz está intensa e, além de Manaus, o Carnaval de cidades da Bahia, Maranhão e Piauí vão receber a banda.

Expectativa dos fãs

A estudante de jornalismo, Fabiane Alecrim, 24, faz parte do fã-clube ‘Eternamente Oz Bambaz’ desde 2007 e é uma das inúmeras pessoas que acompanhou a propagação da campanha #VoltaRubinho nas redes sociais.

“Quando vi aquilo tudo, ficava imaginando o que a gente já viveu com eles. Porque eu nunca pensei que, depois que anunciaram o término, veria tudo de novo. Quando ele anunciou a volta foi demais, me arrepiei”, contou Fabiane.

Quem também relata que o show do grupo em Manaus vai trazer lembranças de uma das fases da vida é a acadêmica de administração Emanoela Cavalcanti, 25. Ela conheceu o trabalho da banda quando estava na escola, em 2007. “Quando eles lançaram a música ‘Manuela’, toda a escola cantava para mim e dizia que era a minha cara. Me apeguei e fui procurar conhecer o trabalho deles e me viciei em todas as músicas”, contou.

Rosianne Couto
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir