Sem categoria

2016 é saudado com festa em três pontos de Manaus

A queima de fogos durou 10 minutos na Ponta negra e coloriu o céu na orla - fotos: divulgação/Semcom

A queima de fogos durou 10 minutos na Ponta negra e coloriu o céu na orla – fotos: divulgação/Semcom

Música, fé, queima de fogos, simpatias, alegria e, claro, desejos de um Ano Novo muito melhor que o passado. Esses foram alguns dos ingredientes com os quais o público que compareceu às festas de Réveillon, promovidas pela prefeitura de Manaus, saudou a chegada de 2016.

A festa aconteceu em três pontos diferentes da capital: Negra, Zona Oeste, avenida Itaúba, no Jorge Teixeira, Zona Leste, e Amarelinho, no bairro de Educandos, Zona Sul. Nas três áreas, a prefeitura contabiliza um público de 120 mil pessoas, sendo a maior parte dele na Ponta Negra.

E para garantir a segurança das famílias que prestigiaram esses eventos, a prefeitura montou um esquema operacional envolvendo seus diversos órgãos que forem às festas.

Na Ponta Negra, a festa começou com o cantor Cristiano Soares, Cauxi Eletrizado e a banda Redphone. O show pirotécnico da meia-noite durou cerca de 10 minutos e levou o público às torres de selfie, novidades do evento deste ano. Todos queriam garantir o melhor registro da virada de ano.

Após a meia-noite, a festa continuou com a bateria da Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida. Acompanhando a agremiação, estão os artistas Adriano Arcanjo, Israel Paulain, Elias Moreira e Fátima Silva.

Ponta Negra 5

A festa, porém, seguirá até o sol raiar, com o palco sendo animado por artistas como Toinho e Forró Show , João Victor e Rodrigo e banda Meu Xodó
A organização da festa também reservou uma área – o anfiteatro – para as famílias fazerem a ceia e nas areias da paria muitas pessoas rezavam e faziam suas oferendas pedindo por um ano melhor. A orla da paria, com a presença de muitas embarcações, ficou iluminada e todos, de uma forma ou de outra, curtiram a chegada de 2016 com muita alegria.

Itaúba

Na zona Leste, a festa começou com a banda Senti Firmeza, às 20h, e seguiu com Nunes Filho. Mesmo com chuva, o cantor brega colocou o público para dançar. A Escola de Samba A Grande Família se apresentou em meio ao show pirotécnico à meia-noite, que também durou 10 minutos.

A contagem regressiva ficou por conta do apresentador oficial do evento, Marcelo Ferreira. De acordo com a coordenação do evento mais de 350 quilos de fogos foram preparados para saudar o Ano Novo. Márcia Novo passou a comandar a festa em seguida. Por lá ainda devem passar – Forró dos Top`S , Marrakesh e Dj Ricardo Love nos intervalos.

A professora Keila Brito, 42, veio de Tabatinga para passar o Réveillon na capital e escolheu a Itaúba para esse momento. “É a primeira vez que venho à festa na Itaúba. Trouxe um casal de filhos nos divertimos muito com a festa”.

Outra família que também prestigiou a festa da virada na Zona Leste foi a do senhor Antônio Ferreira, que veio com a esposa e os três filhos. “Essa é a terceira vez que passamos o Réveillon aqui. A festa foi muito animada”.

Amarelinho
A festa na Zona Sul também foi animada. Embora com público menor, 2016 foi saudado com muita alegria na orla do Amarelinho, onde Escola de Samba Reino Unido da Liberdade agitou ainda mais o show pirotécnico. Na programação seguinte as atrações Seriam Nelson Vitti, Forrozão Já Quero e D´Samba, além de DJ nos intervalos.

Com informações de Mairkon Castro e assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir